Clique na imagem e visite o site da escola

Pesquisar este blog

quinta-feira, junho 30 0 comentários
Recados para Orkut


0 comentários

Visita ao Labirinto Ambiental

0 comentários
Resultado da promoção concurso do Blog



Premio ( 01) Net Book
Sorteio realizado pela Loteria federal dia 25/06/2011
Número Contemplado: 1152
Sortudo: Reginaldo / Confecções Tharrany/ Iguatemi
Este Núcleo agradece a colaboração de todos.
sábado, junho 18 1 comentários


video

quarta-feira, junho 15 2 comentários

Alunos do 1º Ano do EM realizam Seminário de Língua Portuguesa




Alunos do 1º Ano C do Ensino Médio Noturno, coordenados pelo professor Raimundo Machado de Araripe , desenvolvem projeto de Língua Portuguesa, que foi apresentado sob a forma de seminário, como procedimento metodológico, que supõe o uso de técnicas para o estudo e pesquisa em grupo, sobre A Origem da Língua Portuguesa, Fonologia,Classes de Palavras,Funções da Linguagem, Figuras de Linguagem, Gêneros e Tipos Textuais onde o estudante foi responsável pelo seu processo de aprendizagem. Neste ambiente, percorreu lições teóricas e realização de exposição com projetor multimídia a fim de assimilar os conteúdos além da interação entre os participantes nos fóruns de debates a respeito dos tópicos estudados.

segunda-feira, junho 6 0 comentários



0 comentários

Quadrilha dos professores



0 comentários
0 comentários

Ganhadores da rifa da festa junina 2011




1º Prêmio - 01 bicicleta - Nº 893 - Silvia Menezes


2º Prêmio - 01 jóia - Nº 1252 - Luciano Dorneles


3º Prêmio - kit boticário - Nº - 1527 - Rita Pereira Acosta
sexta-feira, junho 3 0 comentários
Os estudantes da E.E. Paulo Freire participaram da passeata de abertura da Semana de Meio Ambiente


quinta-feira, junho 2 0 comentários

Estudantes visitam a Feira de Ciências na
E.E. 8 de Maio
Posted by Picasa
1 comentários

PROJETO: CONHECENDO A HISTÓRIA DE IGUATEMI ATRAVÉS DA MEMÓRIA ORAL.

PROJETO INTERDISCIPLINAR ENVOLVENDO LINGUA PORTUGUESA E HISTORIA.

RECURSOS HUMANOS:

Professora responsável: Miriam Krenczynski

Estudantes: 20 alunos do 4º ano B do Ensino Fundamental

OBJETIVOS:

Trabalhar a historia oral e memória.

Valorizar depoimentos de pessoas pioneiras na construção da historia de Iguatemi.

Permitir aos alunos estabelecer relações entre fatos, conceitos e procedimentos, possibilitando construções mais amplas sobre a história do município.

Relacionar experiências cotidianas com os registros históricos.

Produzir textos narrativos e informativos a partir da entrevista.

JUSTIFICATIVA:

O Referencial Curricular da Educação Básica da Rede Estadual de Ensino do MS, para o 4º ano do Ensino Fundamental consta a necessidade de ministrar conhecimentos relativos a história do município, identificando as transformações ocorridas, fatos importantes da evolução política, econômica e social do município. Por outro lado no ensino da Língua Portuguesa prevê a produção de textos narrativos e informativos.

A realização da entrevista e a produção do texto narrativo estará atendendo os requisitos interdisciplinares.

METODOLOGIA

Utilizar a narrativa e depoimento de uma pioneira na retratação da história oral com a finalidade de conhecer a realidade vivida pelos antepassados, a cultura, as transformações ocorridas nos processos históricos. Utilizar-se da entrevista para propiciar o relato oral levando os estudantes compreender que é possível buscar nas lembranças históricas os fatos vividos, reconstruir o passado e a trajetória do grupo social ao qual pertenciam.

Para tanto será aplicado, em duas aulas anteriores, conteúdos relativos a história do município. Em aula posterior será elaborado um questionário, com os estudantes do 4º ano B do Ensino Fundamental, com o objetivo de entrevistar pessoa pioneira do município, abordando questões relativas a vida cotidiana dos antepassados, costumes, hábitos e valores. Continuando, em uma 3ª. aula será convidada, uma pessoa nascida em Iguatemi, com mais de 60 anos para comparecer na sala de aula. Os estudantes promoverão anotações do depoimento emitido para posterior construção de um texto, como resultado da entrevista. Em aulas de Língua Portuguesa será elaborado o texto narrativo, de posse das anotações promovidas pelos estudantes.

RESULTADO:

Com o intuito de contribuir para a construção de uma prática pedagógica inovadora do ensino de historia foi aplicado, durante o mês de maio de 2011, o projeto interdisciplinar envolvendo Língua Portuguesa e História: “CONHECENDO A HISTÓRIA DE IGUATEMI ATRAVÉS DA MEMÓRIA ORAL”. O Projeto foi desenvolvido com 20 alunos do 4º ano B, do Ensino Fundamental, utilizando 4 aulas para realização total das atividades. A entrevista resultou na composição do seguinte texto narrativo.

DONA ELOIR – UMA PIONEIRA DE IGUATEMI

Dona Eloir da Silva Waloszeck nasceu em Iguatemi no ano de 1947. Seus pais eram Lindolfo Martins Farias e Dona Eufrazina.

O Senhor Lindolfo nasceu em Iguatemi em 1914 e foi o primeiro Juiz de Paz do município.

Em 1909 seu avô Francisco Martins Rodrigues veio morar em Iguatemi.

Segundo Dona Eloir o município, no passado, tinha poucas casas, muitas dificuldades, não existiam ruas, eram picadas no meio do mato. Depois as ruas eram cheias de areia e buracos.

Não existia televisão, geladeira, nem luz elétrica. Para brincar as crianças subiam nas árvores, pulavam corda e brincavam de amarelinha.

Não existiam farmácias e hospitais. Os remédios eram de plantas.

A primeira escola chamava-se Escola Estadual Dr. Fernando Correia da Costa, hoje “8 de Maio”.

As famílias se alimentavam com carne, feijão, mandioca, milho e carne de porco ou gado. Para conservar a carne faziam charque e a carne de porco guardavam na lata de banha.

Quando Dona Eloir era criança não existia Igreja, as pessoas se reuniam em uma casa para rezar, quando um Padre vinha para Iguatemi. Nesta ocasião eram feitos os casamentos e os batizados.

As viagens eram feitas a cavalo ou de “jardineira”(espécie de caminhão). Não existiam fotógrafos, por isso as pessoas não possuíam documento de identidade.

O ferro de passar roupa era a brasa. As pessoas tomavam banho no riacho, ou em tinas, de canequinha.

Não existiam empregos. As pessoas trabalhavam em família, os filhos ajudavam os pais a plantar, colher, tirar leite e cuidar dos animais.

A Imaculada Conceição é a padroeira do município. Esta cultura religiosa foi trazida pelos paraguaios.

A primeira Prefeitura e a Câmara Municipal estavam instaladas na antiga rodoviária.

Os alunos do 4º. Ano B Vespertino agradecem os ensinamentos de Dona Eloir e lhe desejam felicidades.

Posted by Picasa
quarta-feira, junho 1 0 comentários
Recados para Orkut

Mande também mensagens de Junho para seus Amigos

Pesquisa na Internet

 
;